quinta-feira, 30 de agosto de 2012

30 MIL

QUEM ESTÁ A BABAR NO COMPUTADOR, QUEM É????
MOI ;)))))))))))))))

Obrigada a todos, bem do fundinho do coração (até àquele grupinho especial de fans que me vem insultar do piorio...pssst...também contribuíram né??? Brigadão ;))



quarta-feira, 29 de agosto de 2012

EU CONFESSO # 4

O "eu confesso" de hoje é especial...
Depois de escrito foi interpretado fenomenalmente pela Paula Martin da Silva, resultando em algo que até a mim (que escrevi o texto) me faz arrepiar.
Obrigada Paula..pelas lágrimas que não consegui controlar...
Esta confissão é uma despedida para quem nunca devia ter partido...
PEÇA AJUDA...SEMPRE

SEMPRE!

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

EU CONFESSO # 3


Mas haverá no Mundo alguma coisa mais deprimente que fazer dieta????
A gente vai lá ao doutor, entra...na esperança de um milagre e eis que começa a humilhação!!
-"Vai tirar a roupa, e subir à balança!"
E de repente...AH???????
Pesamos mais 5 quilos lá, que na balança de casa. 
Como se não bastasse vem com aquele mola arrebitada e sofisticada que diz que vê as pregas..pregas..sei...pneus!!!! Isso é que ela apalpa...
- "Vai segurar neste maquininha e estender os braços ao nível do peito...aguardar e...ok!"
E é nessa altura que ele dá uma abanadinha de cabeça...Sim?????
Faz-se um silêncio ameaçador e eis que:
- "A menina precisa de perder 15 quilos! Essa carinha não condiz com esse corpo!"
- "Quanto???????? Oh Sr Dr..." - o homem nem me dá tempo de piar...
Segue-se depois um papiro de NÃO PODE....Acompanhado de umas quantas regras a cumprir e os meus ouvidos apanham uma otite aguda imediata e não ouvem metade!!! (Graças a Deus que o sr acompanha isto de um "se tiver alguma dúvida não hesite em ligar"...uma...ya!)
E eu, BURRA...e compal light?
- "Beba agua light sim?"

E posto isto esta "carinha que não condiz com o corpo" saiu de orelhinhas baixas da consulta e ainda pagou 80 aérius que bem podiam ser investidos em Sushi ou outra iguaria qualquer!!!!
Dass...
PS-informa-se o sr doutor que perdi 1 quilo sim..já são só 14! Toma lá...

sábado, 25 de agosto de 2012

Enfim...


E hoje deu-me pra isto...vou fazer o quê???
Era pior de fosse a Ágata!!!!

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Guidinha e a Travadinha


E eis senão quando dou de caras com esta crónica no Sol...
Nem desgosto da Margarida Rebelo Pinto e até acho que tens crónicas giras e interessantes e por isso dou sempre uma vista de olhos para ficar dentro do assunto.
MAS..."DEREPENTEMENTE" (como diria a Sara!) isto de seu nome "As gordinhas e as outras":

"Serve esta crónica para retratar e comentar um certo elemento que existe frequentemente em grupos masculinos e que responde pelo nome genérico de ‘Gordinha’
A Gordinha é aquela amigalhaça companheirona que desde o liceu cultivava o estilo maria-rapaz, era espertalhona e bem-disposta, cheia de energia e de ideias, sempre pronta para dizer asneiras e alinhar com a malta em programas. Ora acontece que a Gordinha é geralmente gorda e sem formas, tornando-se aos olhos masculinos pouco apetecível, a não ser em noites longas regadas a mais de sete vodkas, nas quais o desespero comanda o sistema hormonal, transformando qualquer bisonte numa mulher sexy, mesmo que seja uma peixeira com bigode do Mercado da Ribeira.
A Gordinha é porreira, é fixe, é divertida, quer sempre ir a todo o lado e está sempre bem-disposta, portanto a Gordinha torna-se uma espécie de mascote do grupo que todos protegem, porque, no fundo, todos têm um bocado de pena dela e alguns até uma grande dose de remorsos por já se terem metido com a mesma nas supracitadas funestas circunstâncias. E é assim que a Gordinha acaba por se tornar muito popular, até porque, como quase nunca consegue arranjar namorado, está sempre muito disponível para os mais variados programas, nem que seja ir comer um bife à Portugália e depois ao cinema.
À partida, não tenho nada contra as Gordinhas, mas irrita-me que gozem de um estatuto especial entre os homens. Às Gordinhas tudo é permitido: podem dizer palavrões, falar de sexo à mesa, apanhar grandes bebedeiras e consumir outras substâncias igualmente propícias a estados de euforia, podem inclusive fazer chichi de pernas abertas num beco do Bairro Alto porque como são ‘do grupo’ toda a gente acha muita graça e ninguém condena.
Agora vamos lá ver o que acontece se uma miúda gira faz alguma dessas coisas sem que surja logo um inquisidor de serviço a apontar o dedo para lhe chamar leviana, ordinária, desavergonhada e até mesmo porca. Uma miúda gira não tem direito a esse tipo de comportamentos porque não é one of the guys: é uma mulher e, consequentemente, deve comportar-se como tal. E o que mais me irrita é quando as Gordinhas apontam também elas o dedo às giras, quando estas se comportam de forma semelhante a elas.
Ser gira dá trabalho e requer alguma diplomacia. Que o digam as minhas amigas mais bonitas e boazonas que foram vendo a sua reputação ser sistematicamente denegrida por dois tipos de pessoas: os tipos que nunca as conseguiram levar para a cama e as gordas que teriam gostado de ter sido levadas para a cama por esses ou por outros. Uma mulher gira não pode falar alto nem dizer palavrões que lhe caem logo em cima. Já uma Gordinha pode dizer e fazer tudo o que lhe passar pela cabeça, porque conquistou um inexplicável estatuto de impunidade.
Porquê? Porque não é vista como uma mulher? Porque todos têm pena dela? E, já agora, porque é que quando uma mulher está/é gorda nunca ninguém lhe diz, mas quando está/é magra, ninguém se coíbe de comentar: «Estás tão magra!?»
Como dizia a Wallis Simpson: «Never too rich, never too slim». E quanto às Gordinhas, o melhor é arranjarem um namorado. Ou uma dieta. Ou as duas coisas."

Precisei de um tempo para interiorizar a coisa né?
Reli e voltei a reler porque achei que devia haver aqui alguma "piquena" chalaça que eu não estivesse a entender...mas não!!!!
Resta a opção B...Oi??????????????????????????????
Oh Guidinha mas a menina enlouqueceu????? Deu-lhe uma travadinha e vai daí sai-se com isto???? Levou outra tampa de um qualquer catraio que conheceu à noite e teve uma relação de 3 dias??? Tomou alguma coisa??? Vá querida, confesse lá....

Há cerca de 1 mês encontrei a Margarida Rebelo Pinto no L'Kodac em Matosinhos, um bar bem giro e entre copos e conversas tive a oportunidade de verificar o estado desnutrido em que ela se encontra..."never too rich, never too slim" (trad. nunca demasiado rico, nunca demasiado magro)??????? 
E vem com uma pérola de que as "gordinhas devem arranjar um namorado ou uma dieta ou melhor ainda as duas coisas"?????
Então eu suponho que quem pesa aparentemente 40 quilos, onde a beleza se perdeu na demasiada marcação óssea, onde o cabelo perdeu a vitalidade e está parco, escaco, baço e extremamente seco, as unhas quebradas, os joelhos maiores que as coxas, mal se aguenta nos sapatos também deve não?
Pelo menos foi isso que eu vi alguém com esta descrição a fazer. A dieta é nítida e o namorado há que caçar, e estava a fazê-lo com bastante afinco...

SEM PIADAS OU BRINCADEIRAS
Tudo tem uma medida saudável, nunca demais, nunca de menos e para isso existe ajuda especializada dentro da área.
Apontamento: a obesidade causa graves problemas de saúde com diabetes, colesterol alto, risco de avc's, etc....a anorexia...mata!
Vamos lá deixar de parvoíces...

EU CONFESSO # 2


Isto sim é que é vida!!!
Oh pra mim... liiindaaa de morrer, de pijama, meias, um carrapito na cabeça que é um assombro, enrolada na manta do sofá e a ver a Fox Life, ainda como que pa piorar tão praliumas cachopas todas boas a abanarem-se e coiso!! Olha a minha vida! Roam-se de inveja oh afinadas, aqui no sofá é que se tá bem... 
Sim, porque isto de deprimir é do best...nada é melhor, por isso vou-me deixar estar aqui mais um ou dois meses, aproveito para comer tudo o que está à mão e enquanto isso a vida lá fora CONTINUA!
Mas porque é que isso haveria de me interessar né???

Não é nada comigo!

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Sem Tabus


Sem pensarem que não gosto da continuidade terapêutica, o que eu ADORO primeiras consultas nem é bom...
Hoje é um dia brindado com algumas e fez-me pensar um pedacinho e decidir partilhar algo que eu acho importante.
Todas as minhas consultas começam de uma forma ligeiramente igual e parecidas com qualquer consulta médica, seja qual for a especialidade...
- "Então o que a/o traz por cá?"
A outra variante é o 
- "Em que posso eu ajudar?"
Bom, não interessa, é por aí...
E é NESSA altura que vem a parte que eu adoro...
Quase todos os meus pacientes acham que me vão contar uma história do arco da velha, nunca sabem por onde começar, têm medo das palavras, acham que eu vou ficar a pensar cobras e lagartos deles e por aí fora...
Então quando a consulta é de terapia sexual a coisa melhora ainda mais, além da gaguez que aparece não se sabe vinda de onde, existe o desconforto do sofá (ganha picos, e tudo se move pra lá e pra cá!!!), e as fantásticas palavras que eu aprendo que baptizam as regiões anatómicas em questão.
ADORO...
Vá lá ver!!!!!
Aqui não há tabus. Comigo não existem assuntos não falados ou evitados, não há receio das palavras, não há medos. Eu NUNCA, jamais e em tempo algum vou fazer juízos de valor seja de quem for...
Para a terapia resultar temos que baixar todas as guardas e deixar fluir..vá, sem medos, aqui não há papões...

PS - ao fim destes anos todos e de tantas consultas por dia acham meeessmooo que me vão dizer alguma coisa terrível que eu nunca ouvi????
Até vos faço o desafio!!!!
Oupa...toca a andar!

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

EU CONFESSO # 1


Ahhh...essa grande loucura que é a evolução da vida! Não a evolução da espécie, a evolução da vidinha de uma só espécie, no caso..a espécie eu!!!
Não vou nem comer essas teorias que depois de uma certa idade começamos a estar atentas ou a dar valor a coisas que antes não ligávamos, mas o que é certo é que me cansei de comportamentos infantis e nem estou mais para atura-los!
De certeza absoluta que quem me lê desse lado já teve "uma amiga" ou "um amigo" (se bem que eu acho que isto nos homens é mais raro!),pessoa em quem confiamos, estamos presentes na sua vida, partilhamos imensas coisas e de repente, sem que nada o fizesse prever, pumba...
Confesso que estou a começar a achar este comportamento recorrente, se calhar o tal "karma", que eu continuo a não aceitar nem que a vaquinha tussa... Não é a primeira, nem a segunda...e provavelmente não será a ultima pessoa que me mostra este belíssimo comportamento!
Ontem, a modos que em comemorações ainda, fui jantar com 3 amigos que me agradam bastante, daqueles que já estão para lá da idade do ainda preciso de crescer...e acabei por partilhar este meu sentimento que em nada colabora para a minha boa disposição!!!!
A sentença foi unânime: eu sou uma INOCENTE. O léro léro de ser uma pessoa especial, que onde chego faço notar a minha presença, que sou inteligente e isso hoje tá para raro..bom isso, confesso que adorei e o meu ego quase que bateu num satélite, mas depois disso tudo...TÓTÓ????
Eu????? Tótó???? Inocente???? Parva???? Palerma???
É que depois de pegar foi um tal elogiar!!!
Para mim a amizade ou existe ou não! Simples...não há meio termo...ou ela está lá ou ela não está. Com discussões, confusões, trapalhadas...aconteça o que acontecer ela existe, pelo menos para mim...
Agora por dá cá aquela palha desaparecer do mapa e não dar cavaco a ninguém? E voltar quando se lembra porque se calhar não tem mais ninguém que ature certas coisas?
E no meio destas filosofias racionais que foram brotando vem aquele pensamento:
Quando eu precisei...mesmo...quando eu precisei muito, desesperadamente que estivesses do meu lado, desesperadamente que me apoiasses e fosses a minha outra metade? Quando eu já não conseguia levantar-me sozinha...
Onde estavas?
Pois é bébé!!!!!

Estou de Volta!


Sim...infelizmente é verdade e confirma-se...acabaram-se as mini, mas deliciosas, fériazinhas que passaram pela vida desta pessoa!
Na loucura, deixei de lado o computador, o iPad, o telemovel e fiquei ali a auto-namorar-me num acto absolutamente narcisista (e para quem já está a pensar vir cutucar e dizer ceninhas, tou nem aí!).

Foi bom? Mais que isso...foi maravilhoso...li dois livros, apanhei sol, fui à minha aldeia, revi os meus amigos de infância, pus as ideias todas no lugar (recordo que há algumas desarrumadas, mas são mesmo para ficar assim), e voltei a sentir-me uma verdadeira adolescente livre de responsabilidades e sem precisar de pensar em nada do que fazia!
Almocei às 17h...Jantei à hora da ceia...comi almôndegas ao pequeno almoço...enfim...um verdadeiro festim para a minha pessoa!!!!
Mas foi tudo tão rápido!

Aquando dos meus pensamentos tomei algumas resoluções, e algumas delas em relação a este estaminé. 
Há algum tempo a esta parte que muitos dos meus pacientes dizem que a parte mais difícil do "andar para a frente" é passar para as palavras o que sentem e em honra a TODOS eles e elas vou tentar escrever alguns textos que possam ir de acordo aos sentimentos nas vossas primeira pessoa. Será o
"EU CONFESSO" e apesar das palavras serem minhas não serão sentimentos meus, serão alguns que vou compilando no peito porque os ouço diariamente. Que tal vos parece????
Tive outras ideias que já estão por aí...mas não posso contar tudo! hehehe

Bom...resumidamente é isto...estou de volta!
Olá gente boa ;))

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

A Curva da Felicidade

Festa...Festa...esta moça gosta de festa.
Foi ontem a ante-estreia da peça "A curva da felicidade" no auditório do Casino Estoril e por lá vai ficar durante 1 mesito, mais coisa menos coisa.
A peça é uma delícia, de rir com vontade. O João de Carvalho está cada vez mais maravilhoso como actor, não esquecendo os outros 3...
Ahhh e resumo da coisa??? Os homens não vivem sem nós!!! hehehe
Não percam. Fica aqui um cheirinho do meu "veraneio" ontem ;)


Os VERDADEIROS ARTISTAS!


A caminho...com sapatinho novo ;))))
Coisa que eu nem gosto nada de comprar né???


Joaquim Guerra, o senhor que me fez o entrançado lindo de morrer!


Maria João Abreu...segredos e sorrisos pela noite dentro...


Sónia Brazão e Mónica Sintra...as minha "piquenas"!


Chefe Chefe Chefe....e chefe é chefe!!!


Luciana Abreu...parecemos anuncio prá Benetton ;)))
Ou versão moderna do Marco Paulo "uma é loira outra é morena"!